Justiça concede habeas corpus para acusado de matar irmã Dorothy

A cega  justiça brasileira, mais especificamente o Tribunal Regional Federal do Distrito Federal, concedeu ontem, 16 de fevereiro, um habeas corpus ao fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão. Também conhecido como Taradão, Regivaldo é acusado de mandar matar a missionária americana Dorothy Stang, em 12 fevereiro de 2005, a tiros em Anapu, a 300 quilômetros da capital paraense. […]