Prostituição infantil na Ilha de Marajó foi denunciada há meses pela Revista Missões

Deixe um comentário
Meio Ambiente / Política(s)
Azcona

Jaime C. Patias

A prostituição infantil em Portel, na bacia da Ilha de Marajó, deflagrada pelo Programa Fantástico no último domingo, 31 de maio, há meses fora denunciada pelo bispo da Ilha de Marajó, dom José Luís Azcona Hermoso.

Em entrevista cedida à Revista Missões, durante o 9° Fórum Social Mundial, em janeiro de 2009, o bispo Azcona denunciou “Não há vontade política decididamente empenhada em concreto para a solução deste problema”. O bispo esta ameaçado de morte por denunciar a exploração sexual de menores e adolescentes, e o tráfico de humanos para a Europa.

Juntamente com Azcona estão ameaçados de morte, os bispos Ervin Krautler, Flávio Giovenale e outras 200 lideranças da região leste da Amazônia.

The Author

jornalista, autora do livro de reportagens Mulheres Extraordinárias, Paulus Editora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s